11 de mai de 2011

Idéias homicidas

Olá meninas. Hoje nada irei postar de Artes. Nada prá mostrar.... na verdade até tenho, mas hoje não irei postar.

Irei somente desabafar, xingar, esbravejar e for fim chorar.... é, eu choro de raiva, de felicidade, de alegria, de saudades, de tristeza, porém ontem chorei de raiva. Raiva esta com uma certa dose de razão, povoada de pensamentos negativos, idéias homicidas. Sim você leu "homicida", palavra forte, tão devastadora, que é pecado.

Mas é neste mundo, que vivemos tão corrido, tão sem tempo de nada, tão sem amor ao próximo, tão sem gentileza, que a cada dia vemos um mundo tão banalizado, escandalizado. Mas chega!!!!!

Hoje já estou melhor, abandonei o pensamento prá lá, e sabe por quê???? Eu sou gentil, amo, me dedico.

O motivo deste desabafo, talvez banal para alguém, mas de suma importância para mim naquele momento, foi que ontem tive uma consulta no dentista, marcada para as 08:00hs da manhã. Acordei cedo como todos os dias e saí de casa as 07:00hs, para não me atrasar, queria chegar com uns 15 minutos de antecedência, porque dali iria partir para o meu trabalho no qual meu horário é as 09:00hs. Porém o motorista de ônibus sem educação, que não parou no ponto em que eu e mais duas pessoas apertamos o sinal, simplesmente passou direto. Nós, meros passageiros que pagamos a passagem de R$ 3,00, reclamamos e o individuo olhou-nos pelo retrovisor, ignorou nossos apelos e desceu ladeira abaixo. Saiu totalmente do meu trajeto.

Podem pensar "Nossa!!! Só isso? Tanto barulho por um ponto perdido!!!". Sim um ponto perdido e um ônibus também, porque para eu ir ao local, preciso pegar duas conduções e esta última, passa a cada 40 minutos.... Entendem agora o motivo pelo qual tive uma idéia homicida? Que chorei porque não xinguei o cretino como ele merecia e que eu devia ter mostrado o dedo do meio? Mas não o fiz, sou educada. Não me conformei, respirei fundo várias vezes e pensei: "é por isso que as pessoas matam". Forte isso, não é? Não sou eu, foi o momento. E é por esses momentos que acontecem as porcarias, prá não dizer outro termo mais adequado.

Todos os dias ao sair na rua, quando passo por alguém, mesmo que não conheça e vejo que olhou para mim, eu falo "Bom dia"!!!! Entro no ônibus e cumprimento o motorista e o cobrador. Peço licença ao passar pelas pessoas, porque ônibus é ônibus, você sempre irá esbarrar em alguém, as vezes tem gente de mal humor, que te olha feio, que nem responde ao seu cumprimento. Mas, Eu faço minha parte.

Quero um mundo mais gentil, com mais amor. Sou mãe, filha, tia, sobrinha, prima, irmã e preciso de amor prá ser feliz, só isso. (Bom, também preciso de comidinha gostosa, água/suco/café/chocolate quente, docinho/bolinho, cama quentinha, abraço de filhas, do marido, de mimos, plano de saúde, dinheiro, trabalho, etc....)

Beijos!!!!!!

Nós somos filhos de Deus!!! Acredito nisso.

2 comentários:

  1. Oi Andréa!!!
    To aqui rindo de vc, acredita???
    Correndo pra chegar na hora do dentista!!!!
    Eta paciente boa....a se todos os meus, fossem assim...
    Mas não se sinta culpada por esse sentimento "homicida" rsrrss
    Sinal que vc é gente!!!
    De vez em quando é bom soltar a franga, sacudir a toalha e rodar a baiana !!!
    Tbm sou como vc educada, doce e amável...mas não pisa no meu calo não!!!!!
    Viro uma onça!!!!
    Se estou na TPM então....me segura!!!!!rsrrsrsrs
    Somos normais!!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Andréa, te entendemos perfeitamente... A vida da maioria das pessoas (acho que vc se encaixa nessa estatística), é tão corrida, com horários cronometratos, nos programamos pra nada sair dos eixos, damos conta de tanta coisa sem perder o rebolado e... pôxa, agente só quer um pouco de gentileza, um mínimo de educação e de boa vontade, mas parece que pra algumas pessoas, essas atitudes generosas custam a vida né... e tem horas que dá vontade de %&¨$#@$%¨&)&**¨$¨%#@... maaaassssss, somos educadas e preferimos não sermos comos eles...
    Amiga, só te falo uma coisa, paciência é uma virtude...

    Grande beijo e fique com Deus...

    Juliana

    ResponderExcluir